Contra o greening, armadilha adesiva é mais eficaz

Estudo do Fundecitrus aponta que armadilha detecta até 90 vezes mais psilídeos que método vi"ual.

0
89
Prevenção – Estudo aponta que armadilha adesiva detecta até 90 vezes mais psilídeos, inseto transmissor do greening, que o método visual. (Divulgação/Fundecitrus)

O avanço do greening, também conhecido como HLB, preocupa a citricultura. A doença é transmitida pelo psilídeo Diaphorina citri, inseto que mede entre dois e três milímetros. Seu controle é uma das recomendações que compõem o chamado tripé de manejo do HLB. As outras duas são o plantio de mudas sadias, oriundas de viveiros certificados, e a eliminação de plantas doentes.

(…)

Leia mais na edição nº 10143, de 24, 25 e 26 de junho de 2017.