Voluntário por amor e por talento

0
2050
Coração: O Hospital de Amor tem 800 coordenadores de captação de recursos espalhados pelo Brasil. O bebedourense José Geraldo integra essa equipe com muito afinco e dedicação. Nossa homenagem.

Dono de um coração sem tamanho. Sua paixão é ajudar o próximo e fazer o dia a dia desse próximo mais leve e alegre. É isso que move nosso entrevistado José Geraldo da Silveira Mello.
Voluntário ativo em Bebedouro, ele é admirado por muitos e, de maneira excepcional, pelos funcionários do Hospital de Amor de Barretos, o que percebemos quando José Geraldo nos conduziu até lá, para produzirmos o Suplemento Especial de Fim de Ano, encartado nesta edição, sugestão da redação da Gazeta, que José Geraldo prontificou-se a ajudar tão logo soube.
Depois de tudo concluído, convidamos o executivo, na manhã de terça-feira (18), para participar de mesa redonda com os jornalistas da Gazeta, por sua dedicação àquela causa e por seu jeito especial de encarar a vida.
Zé, como é carinhosamente chamado nos corredores daquele imenso mundo do HA de Barretos, negou nosso pedido de entrevista para o Gente desta edição Especial de Final de Ano, por não acreditar ser merecedor da “deferência”, como ele mesmo alegou.
Concordamos a princípio, e o trouxemos à redação para falar só do Hospital de Amor.
Desculpa José Geraldo, mas você é o entrevistado do Gente, sem fotos, como você pediu, sem as apresentações iniciais da página, mas para prestar-lhe uma homenagem, singela, simples diante de seus feitos, com todo nosso respeito e admiração.
Gente diferente, sem as perguntas de praxe, com ênfase no José Geraldo solidário e humano.

(…)

Leia mais na edição 10349, de 22 de dezembro de 2018 a 15 de janeiro de 2019.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBalada 1
Próximo artigoPosando para o Sobrevoo