“Bebedouro não tem casos da nova cepa da Covid-19”, garante Vigilância Epidemiológica

Casos na cidade chegam a 3.294, com média móvel de 36,42 infecções diárias na última semana.

0
596

A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica afirma que “Bebedouro não tem casos da nova cepa da Covid-19”. Após a confirmação de que em Araraquara há 12 casos da variante brasileira do novo coronavírus, diagnosticada em Manaus, o interior paulista segue em alerta das novas infecções pela cepa em cidades próximas.

Pesquisadores já estudam a possibilidade da nova variante estar presente nas regiões de Ribeirão Preto, São Carlos e até Barretos, pela proximidade entre as cidades, mas a coordenadora da Vigilância, Thais Teixeira, garante que, até o momento, nenhum caso foi diagnosticado em Bebedouro.

“São tidos como suspeitos de infecção pela nova cepa, aqueles pacientes que foram a Manaus ou tiveram contato com alguém que esteve por lá. Todos os pacientes recebidos pela regional de Barretos, que residem em Araraquara, já tiveram seus exames encaminhados ao IAL (Instituto Adolfo Lutz) para análise. O resultado leva de 30 a 40 dias e, até o momento, nenhum recebeu diagnóstico positivo para a cepa brasileira”, garante Teixeira, acrescentando que todos os testes realizados em Bebedouro, na rede pública e privada, são encaminhados ao IAL para análise de infecção da Covid-19 e possível estudo de genoma para a nova variante.

No boletim epidemiológico de quinta (18), havia 14 pacientes na UTI do Hospital Estadual, sendo seis de Bebedouro, dois de Olímpia e dois de Américo Brasiliense. As cidades de Taquaral, Vista Alegre, Terra Roxa e Araraquara somam um internado cada. “Todos de Araraquara que passam por hospitais de Bebedouro são monitorados para possível identificação da cepa brasileira”, conclui a coordenadora.

Atualização dos casos

Desde março de 2020, Bebedouro soma 3.294 pessoas infectadas pela Covid-19, segundo boletim epidemiológico desta quinta-feira (16). Deste montante, 2.907 residem em Bebedouro e 387 moram em cidades da microrregião, mas foram diagnosticadas em hospitais locais.

O boletim aponta ainda que 3.195 pacientes já estão recuperados do vírus (2.810 de Bebedouro e 385 da região) e 24 pessoas estão infectadas, cumprindo isolamento domiciliar. Até quinta (18), outros 80 bebedourenses estavam sob suspeita da doença, aguardando resultados de exames laboratoriais. Os óbitos em decorrência da Covid-19 seguem em 75 desde terça-feira (16), após o acréscimo de mais três mortes.

Na quinta, a ocupação de leitos em Bebedouro, no Hospital Estadual, está em 70%, com 17 pacientes em estado grave, dos 20 leitos disponíveis. Já na Unimed, nove dos 11 leitos estão ocupados (82%). Há ainda três bebedourenses em UTIs de Barretos, segundo informa a Vigilância Epidemiológica.

As internações em enfermaria somam 24. Destas, 17 pessoas estão no Hospital Estadual, duas no Municipal e cinco na Unimed, que ainda não constam do total de infectados.