Bebedouro registra mais três óbitos por Covid-19

Nesta sexta-feira (23), das 8h às 11h, a Vigilância Epidemiológica de Bebedouro vacinará idosos de 64 anos.

0
264

Mais três óbitos foram registrados em Bebedouro, entre terça-feira (20) e quarta-feira (21), em decorrência da Covid-19. Segundo o boletim epidemiológico do município, até quinta-feira (22), são 130 mortes registradas desde o início da pandemia, sendo os mais recentes, três homens: 62, internado no Hospital Municipal, com quadro de hipertensão, diabetes e epilepsia; jovem de 33, que faleceu no Hospital Estadual; e 49, no Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira.

De março do ano passado até o momento, a cidade tem 4.472 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, sendo que 613 da microrregião. O boletim aponta ainda que 50 pessoas estão infectadas, cumprindo isolamento domiciliar e outros 155 estão sob suspeita da doença.

Por mais uma semana consecutiva, a ocupação de leitos em Bebedouro, no Hospital Estadual, está em 100%, com 20 pacientes em estado grave. Na Unimed, o percentual se repete, com todos os 11 leitos também ocupados. Há ainda cinco internados em estado grave na UCE (Unidade de Cuidados Especiais) do Hospital Municipal e quatro na UPA 24h, além de sete bebedourenses na UTI do Hospital Nossa Senhora, em Barretos.

Nas enfermarias de hospitais da cidade são 20 internados no Hospital Estadual, oito no Municipal, três na UPA e 20 na Unimed, totalizando 51. Estas internações não constam do total de infectados.

Considerando as cidades de Barretos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, sedes das DRSs (Diretorias Regionais de Saúde), Bebedouro possui percentual mais alto de ocupação de UTIs na rede SUS (Sistema Único de Saúde). Em contrapartida, o município está entre os primeiros no ranking estadual do índice de isolamento social, com 58%.

 

Vacinação

Nesta sexta-feira (23), das 8h às 11h, a Vigilância Epidemiológica de Bebedouro vacinará idosos de 64 anos, com a 1º dose da vacina AstraZeneca, no barracão da Feccib velha.

No mesmo local e horário, está programada a aplicação da 2ª dose de CoronaVac nos idosos de 69, 70 e 71 anos, que ainda não conseguiram tomar o imunizante na segunda (19), pelo sistema drive-thru, no Sambódromo, ou na terça (20), na Feccib velha, porque as doses esgotaram-se.

A Secretaria de Saúde solicita que os idosos não cheguem antes das 8h, para evitar aglomeração.