Em Bebedouro, índice de crianças registradas sem nome do pai é superior ao do Estado, no 1º semestre

Foram 418 nascimentos em Bebedouro entre janeiro e junho. Destas crianças, 24 não tiveram paternidade reconhecida.

0
52

Dados da Arpen (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais) mostram que, em Bebedouro, o índice de crianças registradas sem o nome do pai na certidão de nascimento, no primeiro semestre de 2022, é o maior da série histórica, desde 2016, com taxa de 5,74%, sendo 418 nascimentos e 24 registros sem nome do pai.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.688, quarta, quinta e sexta-feira, 3, 4 e 5 de agosto de 2022.