‘Ferramentas da Casa Quebrada’ lota Teatro Municipal

Após desistência da Patrulha Ecológica, Meio Ambiente aguarda posicionamento do Estado.

0
3802
Casa cheia - Espetáculo gratuito atraiu expectadores na noite de sexta. Na foto as atrizes Míriam Fontana, Renata Martelli e Isabela Graeff. (Divulgação)

Com 558 ingressos retirados na bilheteria do Teatro Municipal, o espetáculo ‘Ferramentas da Casa Quebrada’, do grupo Fora do sériO, em circulação pelo ProAC, teve casa cheia na noite de sexta-feira (15). O coordenador de Teatro, Museus e Biblioteca, Rogério Fábio, destaca a importância das parcerias com a Educação.
“Já tivemos público expressivo para espetáculos do ProAC, mas não nessa proporção”, diz o coordenador, ressaltando a parceria com o Unifafibe, com alunos dos cursos de Pedagogia, Letras e Psicologia. “É um modelo que muitos grupos deveriam utilizar”, diz Fábio, referindo-se ao contato feito entre o grupo de teatro e a faculdade.
A partir das temáticas abordadas pelo espetáculo, segundo Fábio, os assuntos devem ter continuidade, por exemplo, pelo curso de Pedagogia. “É a função social do teatro”, analisa.
O coordenador ainda ressalta a importância do ProAC, ao levar espetáculos de qualidade às cidades, de forma gratuita. O próximo a ser recebido pelo Teatro Municipal já é na quinta-feira (21): o infantil ‘Gulliver – Um gigante diferente’, dirigido por Míriam Fontana, produtora e uma das atrizes de ‘Ferramentas da Casa Quebrada’.
Novamente em parceria, desta vez com a Secretaria Municipal de Educação de Bebedouro (Semeb), já estão confirmados 200 alunos para a sessão da manhã e 400 alunos, à tarde.

(…)

Publicado na edição 10365, de 19 e 20 de fevereiro de 2019.