Mel ganha destaque na agropecuária paulista

No ano passado, Bebedouro embarcou o volume de 30 mil toneladas gerando receita de US$ 68,38 milhões, segundo dados do Ministério do Comércio Exterior.

0
142

Rico em nutrientes, como vitamina C, B1, B2 e B3, cálcio e potássio, além de ter efeitos antimicrobiano, regenerativo e estimulante, o mel vem ganhando destaque na agropecuária paulista.
Em 2019, o alimento ocupou a 47ª posição no ranking do VPA (Valor da Produção Agropecuária), de acordo com o IEA (Instituto de Economia Agrícola), com 4.534 toneladas produzidas, número 9,12% superior ao do ano anterior. No Estado, o valor exportado foi de U$ 10 milhões, cerca de 15% do total negociado pelo Brasil.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10521, de 26 a 29 de setembro de 2020.