Novak Djokovic

0
572

Com a conquista de Roland Garros, no último domingo (5), Djokovic tornou-se o primeiro jogador da história do tênis a passar a marca de US$ 100 milhões em faturamento com premiação por performance em quadra. Nascido no dia 22 de maio de 1987, portanto com 29 anos, o sérvio tem tudo para pulverizar todos os recordes do tênis.
Djokovic assumiu a liderança do ranking mundial pela primeira vez no dia 4 de julho de 2011, voltou a liderar entre novembro de 2012 e setembro de 2013, reassumiu o topo em 7 de julho de 2014, onde permanece até hoje. Ele é o quinto tenista que por mais tempo ocupou o topo do ranking.
Pelas conquistas que Djokovic já contabilizou na carreira, ele já é considerado como um dos maiores tenistas da história do tênis, pois já conquistou 66 títulos nível ATP, sendo que 65 foram em simples e 1 em duplas. Djoko também é o 3º maior ganhador de simples em atividade de torneios ATP na Era Aberta, com 65 títulos.
O sérvio já ganhou 12 torneios do Grand Slam (6 Open da Austrália, 3 Torneios de Wimbledon, 2 U.S. Open e 1 Aberto da França). E com a conquista de Roland Garros, ele conquistou o Grand Slam de carreira, se tornando apenas o oitavo homem a conseguir triunfar nos quatro principais torneios do circuito, sendo o segundo mais velho a atingir esta marca, atrás apenas do norte-americano Andre Agassi. Outro feito, atingido pelo sérvio ao vencer o Grand Slam francês, é o de conseguir vencer os quatro Grand Slam de forma consecutiva, algo que apenas o americano Don Budge e o australiano Rod Laver conseguiram. Além dos doze títulos de Grand Slam no seu currículo, ele também foi vice-campeão de simples em outras oito finais de Grand Slam. Também já conquistou 5 ATP World Tour Finals (2008, 2012, 2013, 2014 e 2015). E com o título do ATP World Tour Finals de 2015, o sérvio é o primeiro tenista a vencer o torneio por quatro anos seguidos.
Djokovic é agora o maior vencedor de torneios ATP Masters 1000, com vinte e nove conquistas, tendo sido também vice-campeão de simples em outras treze finais de ATP Masters 1000. Em 2015, tornou-se o primeiro tenista a alcançar o feito de conseguir conquistar de forma consecutiva os três primeiros torneiros ATP Masters 1000 do ano.
No final do ano de 2010, Djokovic e seus compatriotas Viktor Troicki, Janko Tipsarevic e Nenad Zimonjic foram campeões da Copa Davis ao derrotarem os tenistas da França na decisão por 3 a 2. Seus treinadores atuais são o ex-tenista alemão Boris Becker e o eslovaco Marián Vajda.
Em Paris, no último domingo, Djoko homenageou Gustavo Kurten, que estava presente nos camarotes, fazendo um coração no meio da quadra e deitando dentro dele, gesto feito pelo brasileiro quando conquistou seu tricampeonato na França.
E além de tudo, Djokovic é um cara extremamente alegre e gentil com todos, e merece cada êxito em sua carreira. Vida longa a Novak, é sempre bom podermos apreciar grandes esportistas iguais a ele.
(Fonte: Wikipédia)

Publicado na edição nº 9994, de 7 e 8 de junho de 2016.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorIdade nova
Próximo artigoSer e estar no governo