ORAÇÃO

0
35

Familiares e amigos reuniram-se na quinta-feira (28), à noite, em frente ao hospital onde o médico pediatra João Gallão está internado, para pedir por sua saúde. Mais de cem pessoas encontraram-se na Praça da Prefeitura e foram para frente da unidade, com muitas delas segurando bexigas brancas. Gallão trata a Síndrome de Guillain Barré, uma doença autoimune em decorrência da dengue e que ataca o sistema nervoso. Gallão precisou ser intubado, mas, aos poucos, os médicos retiram a sedação após traqueostomia. O aumento dos casos de dengue tem preocupado a prefeitura, que faz varredura na zona norte nos dias 6 e 7 de maio, conforme a Gazeta já noticiou. O índice larvário de abril, embora tenha caído para 3,3 (era 11), em Bebedouro e distritos, ainda preocupa, pois o vetor máximo aceitável é 1.

Publicado na edição 10.663, de sábado a sexta-feira, de 30 de abril a 6 de maio de 2022.