Prefeitura falha na entrega de medicamentos de alto custo

0
144

Pacientes têm direito judicial de receber os medicamentos, mas administração não cumpre determinação legal.

Parentes de pessoas com doenças crônicas denunciam a Prefeitura pela falta de cumprimento de ordem judicial que obriga entrega de medicamentos de alto custo.
Sem recursos, os familiares imploram por amostras grátis em laboratórios ou pensam em fazer empréstimo consignado para comprar os remédios.
O diretor do Depto. de Saúde, Waldemar Moreira Castro admite que haja racionamento na entrega dos remédios, mas culpa a falta de recurso financeiro.

Drama – Falta de remédios coloca em risco a vida de Vitório, filho de Adriana Lopes.

 

(…)
Leia mais na edição n° 9483, dos dias 6 e 7 de dezembro de 2012.