Realizado por servir o próximo

0
222

Nesta semana, o Gente faz homenagem a Salim Taha, homem batalhador formado em Direito, que nunca exerceu a profissão, já que se encantou com a lavoura e a pecuária. Filho de libaneses é apaixonado por fazer o bem. Nascido em Colina, mudou-se para Bebedouro aos 17 anos e desde então, reside na cidade, pela qual expressa seu imenso orgulho.
Taha receberá o título de cidadão bebedourense e só tem elogios aos amigos que fez ao longo da vida. Fez uma viagem que segundo ele, foi inesquecível e cheia de aprendizado, a Israel, onde foi atrás de suas origens e as encontrou. Por sua dedicação e empenho em trabalhos voluntários, a cidade aparece como a primeira do estado em contribuições e arrecadações ao Hospital do Câncer, sendo a segunda do Brasil não só na festa Direito de Viver, que está em sua 10ª edição, mas em diversos outros eventos.
Na entrevista, o pecuarista reconhece que toda sua dedicação e amor ao próximo estão no sangue. Agradece de coração sentindo-se honrado em receber o título. Além disso, pede mais respeito, carinho e atenção de todos.

(…)

Leia mais na edição nº 9971, de 9, 10 e 11 de abril de 2016.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorQuem se mata trabalha demais
Próximo artigoVírus H1N1