Resenhas

0
1394

O ex craque e atual ex jogador em atividade, Ronaldinho Gaúcho, foi apresentado pelo Fluminense no Maracanã, no último domingo (19), antes do jogo contra o Vasco, em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão. O ex melhor jogador do mundo foi enaltecido pela diretoria, falou o mesmo discurso de sempre, disse que está motivado, e assistiu da arquibancada seu time perder para a equipe do lunático Eurico Miranda, por 2×1, com direito a um golaço do jovem John Cley, após acertar um lindo chute da intermediária, indefensável, que terminou no fundo das redes do bom goleiro Diego Cavalieri.
A vitória do Vasco não tirou o time da Colina da zona de rebaixamento, mas impediu que o Fluminense assumisse a liderança do campeonato em caso de triunfo tricolor. Isso, dada a rivalidade, é um título para os vascaínos, que estão sofrendo com a irregularidade de seu time.
Mas voltando ao assunto Ronaldinho Gaúcho, acredito que sua contratação tenha sido mais uma satisfação ao torcedor do que efetivamente um reforço. Ronaldinho vem para ganhar um salário elevado, sendo seu irmão, o ex jogador Assis, quem conduz toda a parte financeira de sua carreira, e toda pergunta relacionada a salários, tempo de contrato, entre outras, é de responsabilidade do ganancioso Assis responder, e não de Ronaldinho, que segundo ele só está concentrado em fazer um grande campeonato e conquistar um título que ainda não tem em seu currículo. Detalhe, já se passou mais de 1/3 do campeonato, e ao que tudo indica, até conseguir entrar em forma, Ronaldinho somente defenderá o Fluminense daqui uns 15 dias.
Sempre fui fã de Ronaldinho, e posso até pagar a língua pelo que estou dizendo, mas acredito que a presença dele no Tricolor não será produtiva como foi no Atlético MG. E mais, por estar morando no Rio de Janeiro, as chances de cair nas tentadoras baladas cariocas é muito grande, dado ao seu histórico de noitadas.
Gosto de vê-lo jogar, mas aquele Ronaldinho Gaúcho da época do Barcelona, e não esse que acabou de sair do Querétaro, clube mexicano que defendeu nos últimos 10 meses. É esperar para conferir!
Outro time que também apresentou jogador no último final de semana foi o Palmeiras. E o craque da vez é o Paraguaio Lucas Barrios, jogador de força física e extrema velocidade, que vem para acrescentar, e muito, ao elenco palmeirense. A dor de cabeça para Marcelo Oliveira, contudo, será quem tirar no ataque para colocar o paraguaio. Rafael Marques é absoluto, Dudu vem jogando bem e Leandro Pereira marcou o gol na vitória contra o Santos e vem se destacando. Mas é o time de dor de cabeça que todos os técnicos gostariam de ter, e ao que tudo indica, esse Palmeiras com cheiro de Cruzeiro de 2013, ainda pode surpreender mais ainda pois acredito que a equipe está pronta para brigar pelo título de Campeão Brasileiro.

(…)

Leia mais na edição nº 9867, 21 e 22 de julho de 2015.