Tribunal da União aprova renovação da concessão da malha ferroviária

Acompanhamento do TCU aponta necessidade de correção nos estudos técnicos da ANTT, antes da assinatura do termo aditivo da concessão.

0
65
Abandono – Citrosuco recebe notificação por área inativa, onde passa inclusive, linha férrea, que será reativada conforme aprovação de concessão pela Rumo Logística. (Divulgação)

Em sessão plenária, na quarta-feira (27), o Tribunal de Contas da União aprovou a renovação antecipada da concessão ferroviária da Malha Paulista da Rumo Logística. O contrato, que venceria em 2028, ganhou mais 30 anos e se estenderá até 2058.
Anunciada em 2017, a reativação da malha ferroviária paulista, no trecho de 350 quilômetros entre os municípios de Bauru a Panorama, aguardava há mais de dois anos, pela renovação antecipada do contrato de concessão.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10448, de 30 de novembro a 3 de dezembro de 2019.