“A dengue não acabou, podemos estar tendo subnotificações”, afirma coordenadora

Índice larvário na cidade está em 1,7, segundo o Departamento de Vetores e Zoonoses.

0
21
Prevenção – Agentes de saúde estão realizando vistorias em diversos pontos da cidade para que a quantidade de larvas encontradas em imóveis diminua. (Divulgação)

Apesar de apenas sete casos positivos de dengue, o departamento de Vetores e Zoonoses está em alerta com a quantidade de larvas que estão sendo encontradas em diversos pontos da cidade.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.626, de, 24 a 26 de novembro de 2021.