Ameaça de homicídio e prisão por tráfico

0
42

No início da tarde de sábado (12), mulher de 42 anos, residente em Viradouro, compareceu espontaneamente na Delegacia de Plantão de Bebedouro, alegando aos agentes que estaria se entregando, por ter assassinado seus dois únicos filhos. Entretanto, ao ser questionada sobre as circunstâncias e, principalmente, sobre os detalhes do suposto homicídio, negou tê-lo cometido e negou também a existência do próprio crime.
Pela incoerência dos fatos, os agentes desconfiaram de seu comportamento e, ao verificarem o conteúdo de uma mochila que trazia consigo, encontraram quatro porções grandes de maconha, pesando 2,5 kg e uma balança de precisão.
O delegado responsável pelo plantão, Renato Coelho de Melo, por medida de cautela, solicitou apoio da Polícia Militar, que realizou diligências na cidade de Viradouro e confirmou a inexistência do suposto crime de duplo homicídio. A mulher foi presa e autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, tendo sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva.
Segundo a Polícia Militar, a mulher disse que não aguentava mais a vida que levava e que seus filhos estavam sendo ameaçados de morte, por isso, ela entregou-se à polícia.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição nº 10436, de 16 a 18 de outubro de 2019.