Ao voltar à cidade, o “muleque” buscava suas origens

“Sou muito intenso em tudo que faço, além de perfeccionista”

0
95
Alegria contagiante - Túlio é um dos organizadores do Bloco Sem Querê que, neste ano, arrastou mais de 7 mil pessoas em dois dias de evento. (Gazeta)

Um menino arteiro e falante, querendo conquistar o mundo. Assim cresceu o entrevistado do Gente desta semana. Ganhou asas, voou alto, foi para o exterior, e retornou a Bebedouro, sua terra natal. Formado em engenharia agronômica, mas com o coração em marketing e comunicação, Marco Túlio Habib Silva atua há mais de 10 anos em empresa do ramo de agronegócio. Como a paixão por eventos sempre ocupando espaço na sua agenda, Túlio adora organizar festas e encontros, com amigos. Em um destes, nasceu o Bloco Sem Querê, sucesso há quatro anos no carnaval bebedourense.
Hoje, formou sua família, é casado e pai de duas meninas, mas este bebedourense já teve sua fase de balada, samba e micareta com o grupo “Os Muleques”. Acompanhe a história de Túlio, que não deixou sequer um minuto, seu lado brincalhão de lado.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10467, de 29 de fevereiro a 3 de março de 2020.