Apesar de simbolizar atenção, Maio Amarelo ainda precisa de conscientização

Com slogan ‘Perceba o risco. Proteja a vida’, o movimento está restrito às redes sociais, devido ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.

0
86
(Divulgação)

No acumulado dos 12 meses de 2019, houve redução de 30,23% no número de acidentados atendidos pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), segundo relatório da Associação Mahatma Gandhi, responsável pela gestão da unidade.
Com 683 atendidos no ano passado, o número é o menor ao ser comparado com os levantamentos dos últimos cinco anos. De 2015 a 2017, os números de acidentados vêm sofrendo queda gradativa, ano a ano. Fugindo da tendência, 2018 teve leve aumento, mas em 2019, a quantidade de acidentados voltou a cair.

Fonte: UPA Bebedouro, a pedido da Gazeta.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10484, de 9 a 12 de maio de 2020.