Após ordem judicial, MST desocupa fazenda da Cutrale

0
339

Segundo a PM de Borebi, a desocupação ocorreu sem incidentes.  

Cerca de 300 integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais), que ocupavam a fazenda Santo Henrique, da Cutrale, em Borebi, deixaram a área por volta das 17h15, de quinta-feira (1°).
A empresa conseguiu nova liminar que garantiu a reintegração de posse imediata, expedida pelo Juiz da 2ª Vara do Fórum de Lençóis Paulista, que reconheceu a reiterada desobediência do MST à ordem judicial e por conta dos prejuízos computados em cada invasão. “Não tivemos registro de depredação e a retirada dos manifestados foi de forma pacifica”, informa a PM.

(…)

Leia mais na edição nº 9579, dos dias 3, 4 e 5 de agosto de 2013.