Atraso de salário causa greve na EBTU

0
192

Diretor diz não ter condições de manter funcionamento e Prefeitura procura nova empresa, emergencialmente.

O Fim – Enquanto os 8 ônibus que compõem a frota ficam parados, nos pontos, passageiros encontram outras alternativas de mobilidade.

Bebedouro ficou sem transporte coletivo durante toda segunda-feira (18), com a greve dos funcionários da EBTU por atraso de pagamento. O proprietário da empresa prometeu colocar os vencimentos em dia, de cobradores e motoristas, mas anuncia o fechamento da empresa, no próximo mês.
O diretor de Gabinete, Archibaldo Brasil diz que a Prefeitura contratará, emergencialmente, outra empresa até que seja realizada concorrência pública para escolha de concessionária do transporte público.

(…)

Leia mais na edição n° 9524, dos dias 19 e 20 de março de 2013.