Bebedourense participa de 1º Encontro Internacional de Discotecas

0
361

Discussão girou em torno dos discos em 78 rotações, mesmo objeto de pesquisa do grupo ‘Arquivo Confraria do Chiado’.

Fundador do ‘Arquivo Confraria do Chiado’, Adilson Santos, participou em 22 de julho (uma sexta-feira), do 1º Encontro Internacional de Discotecas. Em entrevista a Gazeta, no local onde abriga sua “pequena” coleção, ele a apresenta à reportagem, contando sobre a experiência do encontro na capital.
Santos explica que sua participação se deu por intermédio de Biancamaria Binazzi, membro do grupo ‘Arquivo Confraria do Chiado’, do qual é fundador. “Ela trabalha no Centro Cultural São Paulo, complexo que abriga várias bibliotecas e também a Discoteca Pública de São Paulo, que esse ano está fazendo 80 anos de existência”.

(…)

Leia mais na edição nº 10016, de 30 e 31 de julho e 1º de agosto de 2016.