A tragédia provocada pelas chuvas no Rio Grande do Sul afetaram várias cidades do Estado, incluindo a capital Porto Alegre, deixando mais de 140 mortos, com cerca de 600 mil desalojados e mais de 80 mil habitantes em abrigos. A Gazeta conversou com dois bebedourenses que residem na região para saber como eles estão e o que o Estado, na visão enquanto moradores, está enfrentando.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.844, de sábado a terça-feira, 18 a 21 de maio de 2024