Bebedouro despede-se de Mauro Favero, aos 71 anos

Após três semanas de internação, infecção é a causa da morte.

0
489

Faleceu aos 71 anos, o engenheiro agrônomo Mauro Favero, após complicações de saúde devido a uma infecção. Filho de Angelo Antônio Favero e Isabel Chimello, Mauro Favaro era engenheiro agrônomo de formação, porém, trabalhava com a fabricação de queijos frescos artesanais, junto à esposa Vera Baclini.
Pai de quatro filhos, Marcelo, Cassia Beatriz, Leandro e Luiz Fernando, e avô de sete netos, e morador da região central de Bebedouro, Favero teve sua primeira complicação em 11 de agosto (um domingo), Dia dos Pais, quando foi diagnosticado com isquemia. Durante sua internação, adquiriu infecção, o que causou sua morte, segundo o filho, Luiz Fernando.
“Para nós, este momento é muito difícil. O sentimento que fica é de perda, mas também de gratidão por ter vivido tantos anos com alguém tão especial. Meu pai era trabalhador, honesto, amoroso, presente e o alicerce da família. Um homem religioso, de muita fé e luz, de quem sentiremos muita falta”, emociona-se Luiz Fernando, ao falar em nome da família.
O falecimento ocorreu na terça-feira (27), no Hospital Unimed-Samaritano. Seu corpo foi velado na Igreja Missionária Unida, em frente ao cemitério municipal de São João Batista, onde foi enterrado na quarta-feira (28), às 13h.

Publicado na edição de nº 10423, de 31 de agosto a 3 de setembro de 2019.