Bebedouro despede-se do maestro Claudinei Alves de Oliveira

Claudinei foi diagnosticado com “síndrome de fournier” e não resistiu à agressividade da bactéria.

0
70
Saudade - Em comemoração aos 30 anos do Coral Art Musik, o maestro Claudinei Alves de Oliveira regeu “Concerto Sacro”, sua última apresentação em Bebedouro, acompanhada pela Gazeta, ao final de 2019.

A cidade perde o maestro Claudinei Alves de Oliveira, aos 56 anos, na manhã de terça-feira (22). Internado desde a noite de sábado (19), no Hospital Unimed Samaritano, após sofrer mau súbito, maestro Claudinei foi diagnosticado com “síndrome de fournier, uma bactéria agressiva que entra na corrente sanguínea, resultando em infecção generalizada e provocando necrose do tecido e musculaturas”, explica o filho Victor, mencionando que foi necessário intervenção cirúrgica para retirada da área necrosada. “Não sabíamos da doença e nem do procedimento até vê-lo depois da cirurgia, já entubado e em coma”.

Filho de Alicio Alves de Oliveira e Aparecida Casagrande de Oliveira, Claudinei nasceu em Viradouro, mas mudou-se para Bebedouro há anos, quando conheceu a esposa Ester Salvador, com quem teve dois filhos: Victor e Matheus.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.654 – quarta, quinta e sexta-feira – 23, 24 e 25 de março de 2022.