Bebedouro fecha março no negativo para emprego

0
214

“Não é  característica apenas de Bebedouro, mas o efeito da crise”, diz economista.

Com dados divulgados sobre o mês de março, o Caged aponta nova queda na evolução do emprego em Bebedouro, entre admissões e desligamentos de empregados com carteira assinada. Para economista, resultado é reflexo da crise do país, com possibilidade de melhora principalmente no período da safra, referindo-se à predominância da citricultura.
De quatro municípios da região, dois também não fogem à regra e acompanham Bebedouro nos saldos negativos. Já o país, também com saldo negativo, entre os setores, tem resultado puxado pelo comércio.

(…)

Leia mais na edição nº 9977, de 26 a 27 de abril de 2016.