Bebedouro inicia a semana com sete óbitos por Covid-19

Prefeitura edita decreto para a fase vermelha do Plano São Paulo, com flexibilização para lojas de materiais de construção, ambulantes e autoriza o retorno das atividades presenciais nas escolas.

0
97

Bebedouro começa a semana registrando sete mortes em decorrência da Covid-19, totalizando 119 óbitos até terça-feira (13), segundo boletim epidemiológico do município: homem, 59, que faleceu na Unimed; mulher, 66, no Hospital Estadual; homem, 49, internado no Hospital Nossa Senhora, em Barretos; além de mulher, 54, homem, 44, e mulher, 68, internados na UCE (Unidade de Cuidados Especiais) do Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira; e mulher, 56, na UPA 24 horas (Unidade de Pronto Atendimento).

Na cidade são 4.238 pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia, em março do ano passado. Destas, 3.636 residem em Bebedouro e 602 em cidades da microrregião. 4.049 pacientes já estão recuperados e 70 pessoas estão infectadas, cumprindo isolamento domiciliar, ainda segundo a Vigilância Epidemiológica. Outros 42 estão sob investigação da doença.

A ocupação de leitos no Hospital Estadual por mais uma semana segue em 100%, com 20 pacientes em estado grave. Na Unimed, até terça-feira (13), nove dos 11 disponíveis estavam ocupados (81,82%). Quatros pacientes graves estão internados na UCE da UPA e outros oito bebedourenses em UTIs de Barretos, no Hospital Nossa Senhora.

Na enfermaria do Hospital Estadual são 20 doentes. Outros oito estão no HM, oito na UPA e três na Unimed. As internações não constam do total de infectados.

Entre as cidades da região, Bebedouro segue com maior índice de isolamento social, segundo o Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo). No domingo (11), o índice chegou a 54%; na segunda-feira (12), caiu para 47% e, mesmo com a queda, Bebedouro seguiu com o maior isolamento.

Ocupação de leitos

Comparando as cidades de Barretos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, sedes das DRSs (Diretorias Regionais de Saúde), Bebedouro possui percentual mais alto de ocupação de UTIs na rede SUS (Sistema Único de Saúde).
Enquanto isso, Ribeirão Preto registrou, na terça (13), 93,6% dos leitos ocupados e 41% de isolamento social. Em São José do Rio Preto, 93% das UTIs têm pacientes internados em estado grave, apresentando índice de isolamento de 38%. Barretos, com 99,03% de ocupação de leitos de terapia intensiva, registrou apenas 38% de isolamento.

Decreto

Com o retorno do Estado para a fase vermelha do Plano São Paulo, Bebedouro edita novas medidas de restrição à Covid-19, que valem até domingo (18).

O decreto municipal publicado na segunda-feira (12) mantém restrição de circulação das 20h às 5h, com exceção de serviços de saúde, indústrias e trabalho interno em bares e restaurantes.

Bares, restaurantes, pizzarias e sorveterias podem atender todos os dias por delivery e drive-thru, salvo no período de restrição de circulação, após 20h, em que somente poderão fazer entregas em domicílio.

As lojas de materiais de construção, elétrica e hidráulica tiveram seu atendimento presencial restabelecido, desde que siga as medidas sanitárias e distanciamento social.
O comércio ambulante pode ser realizado apenas por drive-thru e delivery, sendo proibida a colocação de mesas e cadeiras, bem como consumo no local. Os trailers e foodtrucks podem utilizar os espaços públicos até às 20h. A realização da feira livre nas manhãs de domingo está mantida, mas sem que haja consumação no local.

Missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais estão proibidos, entretanto, as igrejas e templos religiosos podem permanecer abertos para o acesso individual dos fiéis.
A Prefeitura e repartições municipais retornam ao horário das 11h às 16h30, entretanto, ficam mantidos os atendimentos remotos e virtuais. Para casos urgentes, os protocolos devem ocorrer através do e-mail: protocoloemergencial@bebedouro.sp.gov.br.

O decreto também autoriza o retorno das aulas e atividades presenciais nas escolas e instituições de ensino públicas, estaduais e municipais, particulares e filantrópicas, inclusive de nível superior e cursos técnicos e de aprendizado, a partir de segunda-feira (19), sendo que a presença dos alunos é opcional.

Publicado na edição 10.570 de 14 a 16 de abril de 2021.