Bebedouro prepara vacinação dupla para quem tem 60 anos+

Enquanto aguarda chegada de vacinas para quem tem mais de 60 anos, Saúde segue imunizando crianças, adultos e idosos contra Covid e idosos com 80 anos + contra gripe.

0
107
Em busca dos faltosos - Crianças, adultos e idosos fizeram fila para receber vacinas contra Covid e contra gripe, na Feira Livre.

Seguindo as recomendações da Secretaria Estadual de Saúde, na próxima terça-feira (5 de abril), Bebedouro inicia aplicação da quarta dose da vacina contra Covid em pessoas acima de 60 anos (desde que tenham recebido a terceira dose há quatro meses ou mais) paralelamente à campanha de imunização contra Influenza.

Enquanto aguarda a chegada de vacinas para este público, a Secretaria Municipal de Saúde segue com a imunização de crianças, adultos e idosos contra Covid e de idosos acima de 80 anos contra gripe. No domingo (27), a campanha aconteceu, exclusivamente, na Feira Livre, com aplicação de 160 doses para Covid e 78 para gripe.

“A demanda para vacinação contra Influenza foi baixa, mas já esperávamos por isto, porque neste momento, são para pessoas acima de 80 anos, público formado por idosos acamados ou com dificuldades de se locomoverem. Mas, para a próxima semana, aguardamos público maior, pois abrangem idosos acima de 60 anos, tanto para Covid quanto para gripe”, avalia a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thaís Teixeira, acrescentando que a partir de segunda-feira (4 de abril), os profissionais da saúde também poderão imunizar-se contra Influenza.

A enfermeira explica que os idosos acima de 80 anos que não conseguem locomover-se até a unidade de saúde mais próxima de sua residência, “devem ligar na unidade, deixar nome e endereço para receber a vacina em domicílio”.

Ainda de acordo com Teixeira, Bebedouro segue com números altos de faltosos, sendo 3.951 de 2ª dose e 19.120 da dose de reforço, segundo dados da Vigilância Epidemiológica, de terça-feira (29).

Teixeira reforça que na quinta-feira (31), termina o horário estendido, das 17h às 20h, para aplicação de vacinas em cinco postos de saúde: ESF João Cambaúva (Jardim Aeroporto); ESF Tasso Paraíso (Residencial Santaella); ESF Ramiro de Souza Lima (Residencial Furquim); ESF Moacyr Caldeira (Centro); e ESF Ricardo Dias de Toledo (Jardim Sânderson). “Estamos analisando alguns pontos e aguardando a chegada de imunizantes para definirmos a estratégia de vacinação para este mês de abril. Já definimos que a vacinação permanece na Feira Livre, aos domingos”, ressalta a coordenadora.

O vacinômetro, atualizado pelo governo de São Paulo às 13h de terça-feira (29), informa que em Bebedouro, 68.819 pessoas estão com a 1ª dose (88,74%), 66.071 estão com a 2ª dose ou dose única (85,19%) e 38.992 pessoas tomaram a dose de reforço (50,28%).

“Pelo sistema do governo estadual, a quarta dose também está sendo contabilizada como dose adicional, somando-se terceira e quarta. Não conseguimos fazer esta distinção”, informa a coordenadora, confirmando que cerca de 1.800 idosos acima de 80 anos estão aptos a imunizarem-se.

Novos casos

Em 29 dias de março, o número de casos positivos de Covid-19, apresentou leve crescimento em comparação ao mês anterior. Foram 2.120 positivados no terceiro mês deste ano, contra 2.077 computados nos 28 dias de fevereiro, segundo dados da Vigilância Epidemiológica. A média diária passou de 74/dia em fevereiro para 75/dia em março.

Com isto, março de 2022 passa a ser o segundo maior mês em confirmação de casos, atrás apenas de maio de 2021 (3.420 casos). Desde o início da pandemia, Bebedouro soma 18.757 positivados. O número de óbitos está em 371, cujo último registro foi na quarta-feira (23). Boletim mostra também, 38 pessoas em isolamento e 20 aguardando resultados de exames.

Internações

Na terça-feira (29), o Hospital Estadual contava com 40% de ocupação dos leitos de UTI Covid, com quatro pacientes internados (dos 10 leitos disponíveis). Na enfermaria, eram dois pacientes, com 20% de ocupação (dos 10 leitos disponíveis). Na rede privada, não haviam pacientes internados em UTI e enfermaria. No Hospital Municipal há dois pacientes em leito de enfermaria (15,38% de ocupação).

Taxa de transmissão

A taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 na regional de Barretos, a que Bebedouro pertence, está em 0,53, segundo relatório do portal ‘Info Tracker – SP Covid’, com dados de sábado (26). Na classificação entre as 22 regiões do estado, a de Barretos ocupa a 17ª posição, seguida por Franca, com taxa de 0,49. A região de Registro é a que possui menor índice do Estado, com 0,33. Ribeirão Preto tem taxa de 0,48.

Publicado na edição 10.656 – quarta, quinta e sexta-feira – 30 e 31 de março e 1º de abril de 2022.