Bebedouro realiza ‘dia D’ para faltosos da vacina contra Covid-19

Segundo boletim divulgado nesta quinta (16), cidade registrou 16 novos casos postivos e uma morte, desde a última terça-feira.

0
538
2ª dose – Às 6h45 desta quinta (16), a fila da vacinação dobrava a esquina. Pessoas com idade entre 55 e 59 anos receberam a segunda dose do imunizante.

Bebedouro registrou 19 novos casos positivos e uma morte em decorrência da Covid-19, de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (16). Desde o começo da pandemia, 12.153 bebedourenses já foram infectados pelo vírus e 335 morreram, sendo a mais recente no Hospital Estadual, de mulher, 50, portadora de diabetes melitus e hipertensão arterial.

Atualmente, 19 pessoas aguardam resultados de exames e outras 12, positivadas, são monitoradas pela Vigilância Epidemiológica, em isolamento domiciliar.

Leitos

A taxa de ocupação de leitos de UTI no Hospital Estadual é de 30%, com seis pacientes graves internados. Na enfermaria, são dez (50%). Na rede privada, apenas um paciente está na UTI (9,09%) e não há pacientes hospitalizados na enfermaria, assim como no Hospital Municipal e UPA 24h.

Vacina suspensa

Adolescentes de 12 a 17 anos, sem comorbidades, foram retirados pelo Ministério da Saúde da lista de grupos em que a vacinação contra Covid-19 é recomendada. Mesmo com o uso do imunizante da Pfizer, autorizado pela Anvisa para esta faixa etária, a pasta recomendou, na noite desta quarta (15), que apenas adolescentes com comorbidades recebessem o imunizante.

Em coletiva de imprensa, nesta quinta (16), o ministro Marcelo Queiroga afirmou que 1,5 mil adolescentes relataram eventos adversos após receberem a vacina. Informou, também, que acompanha o caso de um adolescente do Estado de São Paulo, que teria morrido após receber o imunizante. Não há conclusão se existe relação do óbito com a vacina.

Por meio do Twitter, o governador do estado, João Dória (PSDB), disse que “não há nenhuma razão concreta que a ciência determine e ampare para suspender a vacinação de jovens de 12 a 17 anos”, afirmando que manterá a aplicação de vacinas nesta faixa etária.

Em Bebedouro

Cerca de 1.500 pessoas com idade entre 55 e 59 anos receberam a 2ª dose da vacina contra Covid-19 na manhã desta quinta, em Bebedouro. Às 6h45, a fila em frente ao barracão da vacina, na Feccib velha, já dobrava o quarteirão. Com abertura dos portões somente às 8h, a fila chegou, novamente, ao viaduto da Avenida Raul Furquim.

De acordo com Thais Teixeira, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, mesmo com o grande volume de pessoas, não foi preciso estender o horário de aplicação, que foi encerrada às 12h. Para sexta (17), e segunda-feira (20), são previstos públicos semelhantes.

Na próxima quarta (22), adolescentes de 12 a 17 anos que ainda não foram vacinados poderão receber a primeira dose do imunizante contra Covid-19.  Os adolescentes receberão a vacina no barracão da Feccib velha, das 16h às 20h. O menor deve estar acompanhado por um responsável. Já na quinta (23), será a vez dos faltosos com mais de 18 anos. O Dia D, divulgado pela Prefeitura Municipal, acontece no mesmo local e horário.

Ambos os grupos devem levar RG e CPF, além de realizar, previamente, cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br.