Bebedouro registra mais 15 óbitos por Covid, em quatro dias

Deficientes que recebem BPC e pessoas com comorbidades, de 30 a 39 anos, serão imunizados nesta quarta-feira (2).

0
236
* *Considera-se leitos de UTI do SUS (Sistema Único de Saúde) - Fonte: Simi-SP e Prefeituras Municipais.

Bebedouro inicia a semana com mais 15 óbitos causados por complicações da Covid-19, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde desta terça-feira (1º de junho). Com isso, a cidade soma 230 mortes em decorrência da doença.

Os óbitos mais recentes são de sete mulheres de 41, 62, 70, 71, 80, 81 e 94 anos – no Hospital Municipal, Estadual e no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Barretos, e também de sete homens de 44, 49, 54, 55, 60, 69 e 70 anos, que faleceram no Hospital Municipal, Estadual e Unimed. Dos 15 pacientes, cinco deles apresentavam comorbidades, sendo elas, diabetes, hipertensão, doença cardíaca, obesidade e cirrose hepática.

O número de pacientes positivados no município subiu para 8.843, sendo que 839 são moradores da microrregião. Há ainda 397 pacientes positivados e monitorados pela Vigilância Epidemiológica, em Bebedouro e região, isolados em suas residências. Na cidade, são 374 pessoas. Outras 57 aguardam resultado de exames e não constam no total de infectados.

Ocupação de leitos

O número de internados não para de crescer na saúde pública e particular de Bebedouro e região. No Hospital Estadual, a ocupação de leitos de UTI segue em 100%, com 20 pacientes em estado grave. Na rede privada, são 10 (90,91%). Há ainda 21 bebedourenses em UTIs de outros municípios, sendo nove pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Ainda de acordo com a Vigilância Epidemiológica, 13 doentes estão internados em diferentes hospitais, seguindo a orientação do convênio médico de cada paciente.

Outros 58 pacientes estão internados em enfermarias da cidade: 13 no Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira, 20 no Estadual, 17 na rede privada e oito na UPA 24hs.

Vacinação

Seguindo o cronograma do Programa Estadual de Imunização, nesta quarta-feira (2 de junho), a Secretaria Municipal de Saúde amplia a vacinação contra o novo coronavírus, desta vez, para deficientes que recebem BPC e pessoas com comorbidades, de 30 a 39 anos, na Feccib velha, das 8h às 11h. Homens e mulheres desta faixa etária receberão a 1º dose do imunizante contra a Covid-19 desenvolvido pela AstraZeneca.

A Secretaria de Saúde reforça que é necessário apresentar o comprovante da condição de risco por meio de exames comprobatórios e relatório médico. Os dados dos pacientes que já são atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) poderão ser utilizados como comprovação.