Bebedouro registra quatro novos casos e um óbito de Covid, desde o fim de semana

Desde agosto, a cidade vem apresentando queda nas contaminações pelo vírus. Neste mês, de 1º a 21 de setembro, são 52 novos casos positivos.

0
43

Desde a última sexta-feira (17), Bebedouro registrou quatro novos casos de Covid-19 e uma vítima fatal da doença no município, segundo boletim epidemiológico divulgado na terça-feira (21).

Até o momento, 12.162 bebedourenses já foram infectados e 337 morreram em decorrência do vírus. A vítima mais recente da doença é homem, 76, que estava internado no Hospital Estadual e apresentava hipertensão arterial sistêmica.

A Vigilância Epidemiológica monitora nove pacientes positivados, isolados em suas residências. Outros 15 aguardam resultados de exames.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no Hospital Estadual está em 25%, com cinco pacientes em estado grave e sete na enfermaria (35%). Na rede privada há somente um paciente em estado grave. Não há internações em UTIs ou enfermarias no Hospital Municipal, na UPA 24horas ou em hospitais da rede SUS de outros municípios.

Queda nos casos

Desde agosto, a cidade vem apresentando queda nas contaminações pelo vírus. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, compilados pela Gazeta de Bebedouro, em julho foram registrados 1.304 casos positivos da doença contra 411 no mês seguinte, queda de 68,48%.

Neste mês, de 1º a 21 de setembro, são 52 casos positivos, até o boletim divulgado na terça-feira (21). Em março, foram 669 novos casos contra 839 em abril, crescimento de 25,41% entre os meses.

O epicentro da doença em Bebedouro ocorreu em maio, quando foram contabilizados 3.142 novos casos. Em junho, a contaminação foi freada pelos 11 dias de lockdown, e a cidade registrou 2.512 novas infecções, queda de 20,05%.

Vacinação

A Secretaria de Saúde realiza, nesta semana, dois mutirões para vacinar com a primeira dose contra a Covid as pessoas que perderam a data ou por algum motivo não conseguiram comparecer à Feccib velha para serem imunizadas. Nesta quarta-feira (22), será a vez dos adolescentes entre 12 e 17 anos. Já na quinta-feira (23), a imunização será destinada às pessoas maiores de 18 anos, sem exceção. A vacinação será das 16h às 20h, na antiga Feccib.

“Esta é a última chamada para todos os públicos, por isso, é importante que compareçam nos dias corretos. Os demais municípios já não estão aplicando mais o imunizante como 1ª dose”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thais Teixeira, mencionando que empresas e instituições públicas e privadas começaram a exigir a carteira de vacinação para que retornem ao trabalho ou para entrar nestes locais. “A imunização está sendo obrigatória para muitas situações, inclusive para viagens. O momento é agora, depois não haverá nova oportunidade”.

2ª dose – A imunização da 2ª dose continua, de segunda a sexta-feira, na Feccib velha, das 8h às 12h, sendo necessário obedecer a data de cada carteirinha. Na segunda-feira (20), foram vacinadas pessoas entre 51 e 52 anos. Já nesta quarta-feira (23), está prevista a imunização das faixas etárias entre 48 e 49 anos, concluindo seu esquema vacinal com a 2ª dose.

Publicado na edição 10.611, de 22 a 24 de setembro de 2021.