Candidatos a prefeito discutem a Cultura local

Em resposta aos grupos de dança, teatro e canto coral, candidatos apresentam suas propostas de incentivo à Cultura e espaços culturais.

0
69

Na terceira edição da série de entrevistas sobre as eleições municiais, com os cinco candidatos a prefeito de Bebedouro, seguindo os moldes das edições anteriores, a Gazeta enviou aos cinco, as mesmas questões e o mesmo limite de espaço para elaborarem suas respostas, que estão dispostas por ordem alfabética dos candidatos.
As perguntas referentes à Cultura, foram formuladas por grupos de dança, teatro e canto coral, mediados por Jeferson Gonçalves Pedrochi, considerando que: 1) Em Bebedouro, assim como no Brasil, a cultura sofre por falta de incentivos, constante desvalorização, verbas remanejadas por interesses políticos; 2) Tivemos reconhecida melhora nos últimos anos, com apoio ampliado e maior acolhimento aos movimentos culturais da cidade. Temos visto também a movimentação para integração de Bebedouro ao SNC (Sistema Nacional de Cultura) com apoio da atual administração para que isso seja feito, mas carece de conclusão; 3) Todos sabemos que é necessário muito mais e o que existe está aquém do que poderia ou deveria acontecer; 4) Não há de se discutir aqui, o quão importante é incentivar e valorizar a cultura em toda sua extensão, portanto, o candidato que deseja comandar a cidade, precisa imprescindivelmente ter projeto para a Cultura.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10524, de 7 a 9 de outubro de 2020.