Com baixa nas internações, Bebedouro registra 4 novos casos no fim de semana

Nesta segunda, ocupação na UTI do Hospital Estadual é de 55%; na rede privada, somente dois leitos estão com pacientes graves

0
437
Internações em queda - Na manhã desta segunda, 55% dos leitos de UTI do Hospital Estadual estavam ocupados, com 11 enfermos.

Bebedouro inicia a semana com mais quatro casos positivos da Covid-19 adicionados ao boletim epidemiológico desta segunda-feira (23). Com o acréscimo, o número de infectados desde o começo da pandemia sobe para 12.062. Sem alterações, vítimas fatais em decorrência da doença permanecem em 326.

Atualmente, 37 bebedourenses que testaram positivo permanecem em monitoramento e isolamento domiciliar. Outros 57 aguardam resultados de exames.

O número de internados em estado grave no Hospital Estadual voltou a cair. Na manhã desta segunda, 55% dos leitos de UTI estavam ocupados, com 11 enfermos. Na rede privada também houve diminuição, com dois leitos ocupados (18,18%).  Dois bebedourenses estão internados em UTIs de outros municípios, através do SUS (Sistema Único de Saúde).

Nas enfermarias também houve diminuição nas internações. Sete pessoas estão em tratamento, sendo duas no Hospital Municipal e cinco no Estadual. Não havia internações na rede privada ou UPA 24h.

Vacinação

No decorrer desta semana, Bebedouro aplica a 2ª dose do imunizante contra Covid em diversas faixas etárias. Na quarta (25), o município iniciará vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos, portadores de comorbidades. Confira o calendário:

  • 29 anos – 2ª dose
    Segunda-feira (23), das 8h às 12h
  • 28 anos – 2ª dose
    Terça-feira (24), das 8h às 12h.
  • Pessoas com comorbidades, com data da 2ª dose prevista para 24, 25 e 26 de agosto serão unificadas.
    Quarta-feira (25), das 8h às 12h
  • Jovens de 16 e 17 anos, com comorbidades – 1ª dose
    Quarta-feira (25), das 16h às 20h.

As aplicações acontecem no barracão da Feccib velha. Para todos os grupos são solicitados RG e CPF. Para 2ª dose, além dos documentos, a carteirinha de vacinação. Para menores de idade com comorbidades, a presença de um responsável e documentação comprobatória da condição.