Com mais uma, são 11 mortes pela Covid-19 em Bebedouro

Casos passam de 250 para 255 em 24 horas e cidade segue entre os melhores índices de isolamento do estado, em 6º lugar.

0
130

Em um dia, 5 novos casos do novo coronavírus foram registrados em Bebedouro, chegando a 255 pacientes com diagnóstico positivo, nesta quinta-feira (16). No dia anterior, o boletim da Vigilância epidemiológica apontava 250 casos, já na terça (14), eram 237.

Do total de infectados, 212 são de Bebedouro e 43 são pacientes da região, diagnosticados em hospitais locais. O número de recuperados segue em 169, sendo 138 bebedourenses e 31 moradores da região. Há ainda 75 casos de pacientes que não estão curados do vírus, sendo monitorados pelo GEI (Grupo Estratégico de Isolamento). Destes, 63 vivem em Bebedouro e 12, na região.

Considerando os 255 casos e a população de 77,5 mil habitantes, em Bebedouro, há 3,29 infectados por cada mil pessoas.

Os óbitos subiram para 11, nesta quinta (16), após uma semana com 10 vítimas fatais. A morte mais recente, ocorrida em Barretos, é de homem, 52, com comorbidades, dentre elas, diabetes e obesidade. Das demais mortes, oito foram registradas em hospitais de Barretos e São Paulo e dois em hospitais de Bebedouro.

Há 12 bebedourenses internados em estado grave, três em Bebedouro e nove em hospitais da região; há também sete pacientes em enfermarias, sendo três na Unimed e quatro no Hospital Municipal.

 

Taxa de isolamento social

De acordo com o Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente), do Governo de SP, que analisa cidades acima de 70 mil habitantes, a taxa de isolamento de Bebedouro, na terça-feira (14), foi de 50% e a cidade chegou ao 3º lugar no ranking das 20 cidades com maiores índices no estado. Já na quarta (15), com isolamento caiu para 48%, Bebedouro ocupa o 6º lugar.

 

Contra o vírus

Na tarde de quinta (16), o prefeito Fernando Galvão anunciou que a Prefeitura recebeu a doação de 10 totens de desinfecção, através da empresa Solfarma, a serem instalados em unidades de ESF (Estratégia de Saúde da Família), em bairros e distritos. Os totens permitem que a população se utilize de álcool em gel para desinfecção, usando os pés para acionar a válvula, evitando contato com recipientes compartilhados e reduzindo chances de contaminação pela Covid-19.