Confira a capa da edição 10.603 da Gazeta de Bebedouro, de 21 a 24 de agosto de 2021

Ex-prefeito, seu diretor de obras Antônio Carlos Taparelli e o empresário Eliezer Gonçalves da Silva tiveram penas reduzidas. A servidora Cristiane Lujan foi absolvida.

0
49

O ex-prefeito João Batista Bianchini, seu ex-diretor de Obras, Antônio Carlos Taparelli Paulo, o empresário Eliezer Gonçalves da Silva, proprietário da Ddasa Engenharia, e a servidora pública de carreira Cristiane Lujan, tiveram suas penas revistas pela Justiça, nesta semana, pelo desvio de verbas que ultrapassaram R$ 202 mil na construção do centro comunitário, no Residencial Pedro Paschoal. A audiência, em formato online, ocorreu na terça-feira (17), após recursos impetrados pela defesa dos réus.