Desenvolve, Bebedouro!

0
411

Com apoio do governo estadual, Prefeitura procura alavancar geração de empregos e renda na cidade.

O esporte mais amado pelos brasileiros é o futebol, que serve didaticamente para explicar boas fórmulas de sucesso. Um clube só é campeão quando os 11 jogadores atuam de forma harmoniosa. Um atleta faz o gol, mas para que a bola chegasse aos seus pés todos ajudam. Modelo que vem sendo usado aos poucos em Bebedouro.
Recentemente, a Prefeitura conseguiu R$ 7 milhões do Governo de SP, através do Desenvolve SP (Agência de Desenvolvimento Paulista) que recentemente atingiu a marca de R$ 1 bilhão em financiamentos concedidos para pequenas e médias empresas e prefeituras dos municípios paulistas.
A vinda do recurso demandou articulações, viagens, telefonemas e muita disposição da equipe da administração municipal. Quando na campanha eleitoral de 2012, falou-se na importância de eleger um político com fácil trânsito no governo estadual, parecia estratégia de marketing, mas a prática revelou-se como a mais acertada opção.
Graças à proximidade política do governador Geraldo Alckmin (PSDB), foi conquistada a reforma e compra de novos equipamentos para o Hospital Municipal, além do Poupatempo e verba para reparo de parte dos estragos da tempestade de fevereiro.
A vinda de recursos do Desenvolve/SP permitirá atração de novas empresas e consequente geração de renda para o município. Com a situação desanimadora da laranja é preciso fortalecer os pequenos e médios empreendimentos e também buscar novos empreendimentos e empresários para a cidade.
Mantida a tática de boa relação com o governo estadual, mais reivindicações da população poderão ser encaminhadas e atendidas para favorecer a cidade. O mesmo poderá acontecer também no governo federal, porque o vice-prefeito Rômulo Camelini é filiado ao PMDB, partido aliado da presidente Dilma Rousseff (PT).
A única realidade entristecedora é que a cidade poderia ter sido beneficiada nos últimos anos se o comportamento político na cidade fosse outro. Ora faltou bom relacionamento com o governador, ora foram os escândalos políticos e suspeita de corrupção. Ninguém tem coragem de enviar verba para uma cidade onde prefeito e vice não se entendiam e trocavam acusações abertamente.
Que o bom senso político e a disposição em promover articulações nos âmbitos, estadual e federal, perdurem.

Publicado na edição nº 9556 dos dias 8, 9 e 10 de junho de 2013.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDia dos Namorados
Próximo artigoBodas de prata