Destaque

0
321
Padre Sérgio Bedin é o mais novo cidadão bebedourense.

Senac

No mês de abril, comemora-se o Dia Nacional do Sistema Braile e destacam-se as iniciativas de inclusão das pessoas com deficiência visual no sistema educacional brasileiro. Como uma instituição integrativa e de portas abertas, o Senac Bebedouro oferece práticas que somam as oportunidades de conhecimento sem distinção, entre elas, uma biblioteca com acervo inclusivo.

No local, diversos audiolivros e obras em braile. A coleção abrange mais de 180 publicações, como Harry Potter e a Câmera secreta, Nunca desista dos seus Sonhos, Como é duro ser Diferente!, Vidas Secas, Uma luz no Horizonte e Direitos Humanos: o que são (ou devem ser). Os materiais podem ser consultados na própria biblioteca ou locados mediante cadastro.

Toda rede Senac trabalha de maneira inclusiva. “Assim ao recebermos um aluno ou alguém da comunidade com deficiência visual, pedimos a impressão de todo o conteúdo em braile, incluindo os livros solicitados pelo estudante”, conta Pauliana Tamires Papel, funcionária da biblioteca do Senac Bebedouro.

O espaço da leitura fica aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 8h às 14h. A unidade do Senac fica na rua Tobias Lima, 1.370, centro.

(…)

Leia mais na edição nº 10255, de 21, 22 e 23 de abril de 2018.