Em ‘live’, prefeito afirma que pedirá revisão de fase

“Não é justo que Bebedouro pague pela avaliação dos dados apresentados pelo Estado”, afirmou Galvão.

0
72

Apesar de regredir para a fase laranja do Plano São Paulo, o comércio bebedourense permanece seguindo as últimas medidas anunciadas pelo prefeito Fernando Galvão, em 21 de agosto, quando a cidade progrediu para amarela.
“Fomos pegos de surpresa com esta atualização do Plano São Paulo, quando o governo estadual informou que a região de Barretos, na qual Bebedouro está incluída, cairia para laranja”, mencionou o prefeito em ‘live’, no início da noite de sexta-feira (9), completando: “Logicamente, que estamos preocupados em manter a saúde, a integridade, a segurança e proteção das pessoas, mas também estamos preocupados com a economia dos pequenos, médios e grandes empresários, além dos empregos e da geração de renda em nossa cidade”.
Para Galvão, “não é justo que Bebedouro pague pela avaliação dos dados apresentados pelo Estado. A cidade, que foi exemplo para o país, tem hoje, os menores números de óbitos e internações da região, por isso, não podemos aceitar esta regressão de fase, sem pleitear revisão de números baseados especificamente em Bebedouro. Claro que a região contribui para esta regressão. Não é justo retrocedermos com os números que temos. Bebedouro está no caminho certo no enfrentamento da pandemia, como sempre esteve”.
O prefeito afirmou que, na terça-feira (13), estará em São Paulo para apresentar pessoalmente, o pedido de reavaliação. “Vamos manter as mesmas restrições válidas até o momento. Na terça-feira (13), estarei em São Paulo, junto ao Governo do Estado, solicitando esta reavaliação”, declarou Galvão.
Enquanto não sair a decisão do governo estadual, comércio, academias, templos religiosos, bares e restaurantes, shopping e ambulantes permanecem seguindo o protocolo sanitário criado pela Prefeitura, dividindo as responsabilidades da flexibilização com proprietários de estabelecimentos.

 

Publicado na edição nº 10525, de 10 a 16 de outubro de 2020.