Em três dias, 30 novos casos da Covid-19 em Bebedouro

Com 267 infectados e 11 mortes, cidade registra taxa de letalidade de 4,11% e 3,44 pacientes com a doença por mil habitantes.

0
85

Em três dias, mais 30 casos do novo coronavírus foram registrados em Bebedouro, chegando a 267 pacientes com diagnóstico positivo, nesta sexta-feira (16). Na terça-feira (14), último dado apontado pela Gazeta, eram 237 pacientes com a doença. Na quarta (15), o número subiu para 250, na quinta (16), eram 255 e na sexta (17), são 267. Uma média de 10 novos casos ao dia.
Do total de infectados, 220 são de Bebedouro e 47 são pacientes da região, diagnosticados em hospitais locais. O número de recuperados passou para 179, 10 a mais que nos dois dias anteriores, sendo 148 bebedourenses e 31 moradores da região. Há ainda 77 casos de pacientes que não estão curados do vírus, sendo monitorados pelo GEI (Grupo Estratégico de Isolamento). Destes, 61 vivem em Bebedouro e 16, na região.
Considerando os casos de Bebedouro e a população de 77,5 mil habitantes, em Bebedouro, há 3,44 pacientes infectados com Covid-19 por cada mil habitantes.
Os óbitos subiram para 11, na quinta (16), após uma semana com 10 vítimas fatais. A morte mais recente, ocorrida em Barretos, é de homem, 52, com comorbidades, dentre elas, diabetes e obesidade. Das demais mortes, oito foram registradas em hospitais de Barretos e São Paulo e dois em hospitais de Bebedouro.
Há 14 bebedourenses internados em estado grave, três em Bebedouro e 11 em hospitais da região; há também quatro pacientes em enfermarias de Bebedouro, sendo três na Unimed e um no Hospital Municipal.

Taxa de letalidade
Pela primeira vez, a Gazeta analisa a taxa de letalidade de sete municípios da região, incluindo Bebedouro, com população acima de 70 mil habitantes. Para chegar ao percentual, divide-se o número de mortes causadas pela Covid-19, pelos casos confirmados, e multiplica-se por 100%.
No caso de Bebedouro, considerando-se os 11 óbitos e 267 casos confirmados, a taxa de letalidade é de 4,11%, ou seja, mais de 4% dos infectados pelo novo coronavírus, faleceram em decorrência da doença, intensificada por comorbidades.
Bebedouro é a segunda cidade da região com maior taxa de letalidade, atrás apenas de Jaboticabal, com 6,70%. Ambas as cidades possuem os menores números de casos dentre as sete analisadas, porém, apresentam maior letalidade da doença.

Isolamento social
De acordo com o Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente), do Governo de SP, o índice de isolamento de Bebedouro, na terça-feira (14), foi de 50% e a cidade chegou ao 3º lugar no ranking das 20 melhores cidades do estado. Na quarta (15), o isolamento caiu para 48% (6º), já na quinta (16), com 47% das pessoas respeitando a quarentena, Bebedouro estava na 10ª posição.

Comércio e serviços
Em mais um fim de semana, o comércio permanece fechado em Bebedouro, com funcionamento apenas de serviços essenciais, conforme nota encaminhada pela Prefeitura Municipal: “Em razão do aumento expressivo de casos na região e em Bebedouro, taxas de ocupação de leitos e da necessidade de aumentar o distanciamento social, a Prefeitura manterá o fechamento do comércio neste sábado e domingo (18 e 19)”.
A Prefeitura intensificará a fiscalização, através do GEI (Grupo Estratégico de Isolamento), mantendo em vigor as demais exigências relativas ao funcionamento de estabelecimentos essenciais e não essenciais.

 

Publicado na edição nº 10502, de 18 a 21 de julho de 2020.