Estado implanta restrição de circulação a partir de sexta

Com exceção de trabalhadores essenciais, todos devem permanecer em casa das 23h às 5h. Bebedouro registra mais 2 mortes por Covid-19.

0
389

O governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (24) que a circulação em todas as 645 cidades do estado de São Paulo ficará restrita das 23h às 5h, até 14 de março. A medida entra em vigor a partir desta sexta (26) e atende recomendação do Centro de Contingenciamento, para conter a aceleração da pandemia. “A restrição estabelecida é fundamentalmente para evitar eventos e aglomerações desnecessárias, multiplicando contaminações e ampliando a possibilidade de óbitos”, declarou Doria.

Os serviços essenciais continuarão a funcionar normalmente, inclusive no horário restrito. Também não haverá advertência, multa ou impedimento à circulação de trabalhadores. O objetivo principal do Governo do Estado é endurecer a fiscalização contra aglomerações em qualquer horário e eventos ilegais ou proibidos aos finais de noite e madrugadas.

De acordo com o Coordenador do Centro de Contingência, Paulo Menezes, houve aumento significativo no número de internações no estado de São Paulo nas últimas semanas, principalmente em relação a pacientes em UTI. Até o início da tarde desta quarta (24), havia 6.657 pacientes internados em leitos intensivos, número recorde desde o início da pandemia.

Atualização de casos

Bebedouro tem 3.501 pessoas infectadas pela Covid-19 desde março de 2020, segundo boletim desta quarta (24). Deste montante, 3.076 residem em Bebedouro e 425 moram em cidades da microrregião, mas foram diagnosticadas em hospitais locais.

O boletim aponta ainda que 3.381 pacientes já estão recuperados do vírus (2.965 de Bebedouro e 416 da região) e 36 pessoas estão infectadas, cumprindo isolamento domiciliar. Outros 40 bebedourenses estão sob suspeita da doença, aguardando resultados de exames laboratoriais.

Os óbitos em decorrência da Covid-19 saltaram para 84, com mais duas mortes inseridas neste último boletim. São dois homens, de 57 e 76 anos. O primeiro deles, com quadro de insuficiência renal, faleceu em Barretos; enquanto o segundo, morreu na Unimed, tendo quadro agravado pelo diabetes.

A ocupação de leitos em Bebedouro, no Hospital Estadual, está em 85%, com 17 pacientes em estado grave, dos 20 leitos disponíveis. Já na Unimed, seis dos 11 leitos estavam ocupados (55%). Há ainda um bebedourense em UTI de Barretos. As internações em enfermarias somam 30. Destas, 18 pessoas estão no Hospital Estadual, três no Municipal e nove na Unimed. Todos estes ainda não constam do total de infectados.