Estar e ocupar, existir e resistir

Jéssica Barbosa Vian"a

0
1591
“É preciso ocupar” - Repensando passos da sua militância, Jéssica é ativa na vida real e nas redes sociais.

Assistente social, presidente de conselho, professora, coordenadora de cursinho popular, mas antes de tudo, mulher negra que existe e resiste. Sim, falamos em resistência, “ato ou efeito de resistir”, “recusa a submeter-se à vontade de outrem”, entre seus significados. Resistência. Assim como, marca os tempos já vividos e que estão por vir.
Jéssica Barbosa Vianna é a entrevistada desta semana do Gente. Ela fala sobre questões que ainda chocam, causam divergências, mas necessárias de serem abordadas. Racismo e machismo, que inclusive juntos, propiciam tantos outros tipos de violência.
Além de exercer sua militância de diferentes formas, ela ocupa espaços, obstinada a estar lá cada vez mais, cumprindo o que entende como missão, ressaltando que a abertura de caminhos só tem a agregar: “Enquanto um grupo não avança, nenhum dos outros grupos avança”.

(…)

Leia mais na edição 10355, de 26, 27 e 28 de janeiro de 2019.