Febre Aftosa: SP finaliza inquérito para comprovar ausência da doença sem animais reagentes

Após o fim da obrigatoriedade da vacinação no estado, o produtor rural passa, também em caráter obrigatório, a ter que atualizar seus rebanhos junto ao sistema de Gedave.

0
10
Foto: Divulgação

As atividades de vigilância sorológica para comprovação de ausência de transmissão viral da Febre Aftosa foram encerradas pelas equipes da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) na última semana. Conforme sorteio realizado pelo Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária) foram amostradas, em 29 das 40 regionais da Defesa Agropecuária, 47 propriedades rurais e aproximadamente 738 bovinos.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.846, quarta, quinta e sexta-feira, 22, 23 e 24 de maio de 2024