Gaeco propõe venda dos imóveis dos réus da Sevandija

Medida visa assegurar a devolução de mais R$ 48 milhões roubados dos cofres públicos.

0
98

Na quarta-feira (27), o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), propôs, na 4ª Vara Criminal de Ribeirão Preto, medida judicial para que os imóveis dos réus da Operação Sevandija sejam alienados, antes da conclusão dos processos.

(…)

Leia mais na edição 10380, de 30 e 31 de março e 1º de abril de 2019.