Governo abre consulta para mudar normas de combate ao greening

A doença é a maior ameaça à citricultura mundial, pois ataca todos os tipos de citros e não há cura.

0
106

O Ministério da Agricultura abriu consulta pública, pelo prazo de 60 dias, sobre a proposta de alteração no Programa Nacional de Prevenção e Controle à doença denominada huanglongbing (HLB), também conhecida como greening, causada pela bactéria Candidatus Liberibacter spp.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Fique por dentro

Entregas de fertilizantes no Brasil devem cair 7%, diz Anda

As entregas de fertilizantes para agricultores brasileiros podem cair até 7% neste ano, informa a Associação Nacional para Difusão de Adubos, na quarta-feira (5). A entidade, que representa fornecedores globais como Nutrien e Mosaic, disse que os agricultores atrasaram as compras ou decidiram não adquirir fertilizantes nesta temporada em meio a um aumento nos preços provocado pela invasão da Ucrânia pela Rússia.

Após o início do conflito, o Brasil apressou-se em garantir o abastecimento, pois depende de importações para 85% de sua demanda doméstica, pressionando os portos e outras instalações logísticas. “Nós trouxemos mais fertilizantes do que o produtor procurava naquele momento”, diz Ricardo Tortorella, diretor executivo da Anda referindo-se ao primeiro semestre deste ano.

“Isto faz com que os portos todos estejam cheios, até hoje. Os problemas climáticos, questões relacionadas à China e à própria guerra na Ucrânia influenciam a decisão de compra do agricultor. Os gargalos logísticos nos portos, entretanto, não afetaram as entregas de produtos nas propriedades.”

Os preços dos fertilizantes, que subiram muito no início do ano, já cederam um pouco, o que pode aumentar a demanda por produtos no curto prazo, disseram Tortorella e um analista.

Embora o medo da escassez global de fertilizantes tenha impulsionado as importações no Brasil, por outro lado também mudaram as perspectivas para a produção doméstica, que deve crescer pela primeira vez em 15 anos, segundo Tortorella.

Publicado na edição 10.706, de sábado a sexta-feira, 8 a 14 de outubro de 2022.