Homem de 33 anos morre após quadro de apendicite aguda

Tim Funileiro, como era conhecido, também teria doenças crônicas, o que teria agravado o quadro.

0
577

Um homem de 33 anos faleceu na segunda-feira (11), na Santa Casa de Barretos, após mais de um mês em quadro de apendicite aguda. As informações são do Hospital Municipal Júlia Pinto Caldeira, onde Bruno Henrique Ladislau, conhecido como Tim Funileiro, ficou internado por mais de 20 dias.
A diretora do Depto. Municipal de Saúde, Sônia Junqueira, explica que o paciente deu entrada no HM em 4 de janeiro, apresentando quadro de temperatura alta, sendo verificado que estaria com apendicite aguda.
“Ele possuía várias doenças crônicas, que não citarei, em respeito ao paciente, e em função disso, a infecção estava quase generalizada. Foram complicações pós-cirúrgicas em função de o organismo já ter resistência baixa. Não estando bem num quadro geral, aumentam as chances de complicações cirúrgicas”, detalha Junqueira.
A diretora de Saúde ainda garante: “Os procedimentos foram feitos por médico de excelência, cirurgião especializado”, reiterando que o quadro generalizado, em função de outras doenças, diminuíram a resistência do paciente.
De acordo com a diretora de Saúde, o paciente permaneceu internado no HM de Bebedouro até 26 de janeiro, quando foi transferido à Santa Casa de Barretos. A Gazeta também entrou em contato com o hospital da cidade vizinha, que até o fechamento desta edição não respondeu sobre o quadro de Tim.
Solteiro, Tim deixa um filho. De acordo com nota de falecimento, na segunda-feira (11), após necropsia em Barretos, o corpo chegaria a Bebedouro no início da tarde. O sepultamento ocorreria às 8h30 de terça-feira (12), no Cemitério Municipal de São João Batista.

(…)

Leia mais na edição 10362, 12 e 13 de fevereiro de 2019.