Jornada de trabalho dos professores é tema de audiência pública

Secretário de Educação garante que adequações estão de acordo com lei federal, mas Apeoesp discorda e critica Prefeitura.

0
426
Pela Educação – A deputada e presidente da Apeoesp, Bebel, debate a jornada de trabalho dos professores e critica proposta de adequação da Semeb. Secretário da pasta afirma estar cumprindo a lei. (Divulgação – Câmara de Bebedouro)

A jornada de trabalho dos professores foi tema de audiência pública na noite de quarta-feira (30 de junho), abrigando debate entre o secretário de Educação Hélio dos Santos Souza, representando a administração pública, e Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), por meio de Maria Izabel Noronha, a Bebel, presidente da instituição e deputada estadual (PT). O presidente da Câmara, Jorge Cardoso (DEM), mediou a audiência

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Publicado na edição 10.590, de sábado a quinta-feira, 3 a 8 de julho de 2021.