Junho Vermelho: um ato de amor

No mês nacional de incentivo a doação de sangue, Gazeta ressalta atuação do Hemocentro de Bebedouro.

0
568
Doação – Em atitude generosa e solidária, um único doador de sangue pode beneficiar até três receptores. No Hemocentro de Bebedouro, há sempre alguém disposto a ajudar. (Gazeta)

O mês de junho é, tipicamente, o período em que as temperaturas começam a baixar e, por consequência, cresce a incidência de infecções respiratórias, também marcado pelas férias escolares, feriados de São João, ocasionando baixas nos estoques de sangue de todo o país, por isso, o Estado de São Paulo criou a campanha ‘Junho Vermelho’, para incentivar a doação de sangue. A campanha ganhou status estadual e, em março de 2017, passou a ser promovida nacionalmente, pelo Ministério da Saúde (MS).
O sangue é um recurso importante tanto para tratamentos planejados, como para intervenções urgentes. Ele ajuda pacientes que sofrem de doenças crônicas graves, além de servir de apoio para procedimentos cirúrgicos complexos. O sangue também é vital para tratar feridos em emergências. No Brasil, anualmente, cerca de 3,5 milhões de pessoas realizam transfusões de sangue. No total, são 27 hemocentros e 500 serviços de coleta em todo o país.

(…)

Leia mais na edição de 10401, de 8 a 11 de junho de 2019.