Justiça manda Prefeitura pagar R$ 24 mi pelo HM

0
216

Valor corresponde a precatório devido à família do ex-prefeito Pedro Paschoal, construtor do prédio.

Por ordem da Justiça, a Prefeitura de Bebedouro será obrigada a pagar R$ 24 milhões pela desapropriação do prédio do Hospital Municipal Júlia Pinto Caldeira, de propriedade da família do ex-prefeito Pedro Paschoal.
Segundo a filha do fundador, Márcia Paschoal, em 1989, a administração alugou o prédio, mas quatro anos depois parou de pagar. O valor do precatório será usado para quitar dívida da família com credores públicos do antigo Hospital Moacyr Caldeira Filho.
O diretor financeiro da Prefeitura, Josué Marcondes de Sousa, adianta que não há condições de honrar os R$ 24 milhões, mesmo em pagamento parcelado.

(…)

Leia mais na edição nº 9681, dos dias 10 e 11 de abril de 2014.