Na última sessão do ano, vereadores revogam lei de parcelamento do Sasemb

Presidente do Educandário usa tribuna para pedir apoio à instituição.

0
179

A última sessão ordinária da Câmara Municipal, em 2019 teve início de forma diferente e emotiva, com um minuto de silêncio, pela morte do dentista e agente cultural Fauze Bazzi, na segunda-feira (9).
Depois, Mário Ribeiro, presidente do Educandário Santo Antônio, usou a Tribuna para pedir interferência dos vereadores, pela entidade. “São postulações que demandam conversa de instituição para instituição. Não visitei um vereador específico, porque não é assim que lidamos quando se trata de instituições. Quanto mais transparente, menos risco de corrupção e vaidade”, disse Ribeiro, ao justificar sua ida à sessão.

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

 

Publicado na edição nº 10452, de 14 a 17 de dezembro de 2019.