Nove décadas da Gazeta

0
120

A história está registrada nas páginas escritas por gerações de jornalistas.

Na última semana, a Gazeta de Bebedouro completou 90 anos de publicações. A edição comemorativa especial apresentou apenas 10% do volume de informações registradas em suas páginas. Tal era a quantidade de fatos que a hora mais difícil, foi da edição.
Mestre em História, o professor José Pedro Toniosso, presente na solenidade religiosa realizada na manhã de 7 de junho, na sede da Gazeta, disse que toda vez que precisa fazer pesquisa, recorre aos arquivos da Gazeta, na Biblioteca Municipal. Cada dia que manuseia as edições mais antigas, novas descobertas são feitas sobre o modo de vida, o pensamento e o comportamento dos bebedourenses.
Basta recorrer ao passado para perceber que os problemas e fatos se repetem: buracos nas ruas, enchentes, dividas da Prefeitura, brigas políticas, lançamento de candidatos a deputado, visita de governadores e até presidentes.
As páginas da Gazeta escritas nas décadas de 20, 30, 40 e 50… deveriam ser lidas por todas as atuais lideranças de Bebedouro. Primeiro, para conhecer o que foi realizado e também para aprender que todos têm qualidades e defeitos, para não repetir os erros.
O segredo para evoluir de forma definitiva é perceber de fato que somente atos importantes, em prol da coletividade, são eternizados. Discursos, rusgas, inimizades, vaidades são facilmente esquecíveis. Mesmo que se tenha o nome fixado em ruas, avenidas, praças, prédios e estátuas, a verdadeira obra do homem público é tornar o lugar em que vive muito melhor, após seu trabalho.
Em nove décadas, o jornalismo avançou tecnologicamente, saindo da impressão por linotipo, das máquinas de datilografia, das imagens em clichês, para equipamentos digitais. Porém, a obrigação da apuração dos fatos e da publicação de todos os dados permanece viva e operante.
Não dá para prever o que acontecerá em nossa cidade, nosso país e no mundo, nos próximos 90 anos, entretanto, os leitores podem ter a certeza que isto estará registrado na Gazeta.

Publicado na edição nº 9704, do dia 10 e 11 de junho de 2014.