O bom filho a casa torna

“Bebedouro é sensacional. É difícil encontrar uma cidade onde se tem qualidade de vida e oportunidade profissional”

0
369
Retorno - Após 20 anos, Matheus Kfouri Marino, retorna a Bebedouro e assume a vice-presidência do Conselho de Administração da Coopercitrus.

O agronegócio corre nas veias do entrevistado do Gente. Movido por desafios, este bebedourense saiu da cidade com apenas 17 anos para estudar e buscar oportunidades profissionais. Após 20 anos, formado em Engenheira Agronômica pela Universidade Estadual de São Paulo, mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos e doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, Matheus Kfouri Marino retornou a Bebedouro movido pela saudade da família e de suas raízes.
Professor da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EESP) e sócio de empresa de consultoria em agronegócio, em Ribeirão Preto, no ano passado, Matheus assumiu a vice-presidência do Conselho de Administração da Coopercitrus e, é pedra que promete brilhar muito, como ouro, como descreveu Chikao Nishimura por seu envolvimento no projeto educacional em que a Fundação Coopercitrus Credicitrus é parceira do Centro Paula Souza.

 

Quer ler mais? Seja assinante da Gazeta.

CLIQUE AQUI e ASSINE

Se já for assinante basta entrar com os dados abaixo.

Depoimento do diretor presidente da Coopercitrus, José Vicente da Silva:

“Basta ter berço. Tem aquelas pessoas privilegiadas que saem, às vezes de bairros, sem pai e mãe, e acabam tendo um futuro brilhante. Mas, quando se tem pais, avô, avó que o ensina, dá exemplos e acompanha, a sua vida fica no asfalto. Matheus tem uma mãe e avô, nesta parte de orientação escolar, exemplares”.