O colecionador de bonés e chapéus

0
1118

Paixão nasceu aos 16 anos, quando Manoel Coelho ganhou seu primeiro chapéu.

Ganhos, comprados, resgatados e doados, foi assim que o aposentado Manoel Coelho, 71 anos, conseguiu reunir mais de 180 bonés e 12 chapéus desde sua adolescência. Tudo começou com um chapéu, aos 16 anos, lá na década de 60, que ganhou em uma viagem a São Paulo, e que é até hoje, o seu xodó. A partir daí, Manoel resolveu que seria um colecionador.

Colecionador por prazer – Com quase 200 bonés e chapéus, Manoel Coelho pretende continuar colecionando até o fim da vida.

(…)

Leia mais na edição n° 9576, dos dias 27, 28 e 29 de julho de 2013.